jusbrasil.com.br
25 de Junho de 2022

Considerações sobre o “diferencial” que pode ser oferecido hoje nos serviços jurídicos

Pace e Nascimento Advogadas, Advogado
há 3 anos

A vida corrida que a grande maioria das pessoas leva hoje está trazendo uma evolução nas relações, sejam pessoais ou profissionais. Na área jurídica, essa adaptação anda a passos largos, na medida em que parte dos profissionais do Direito já entenderam que precisam se adaptar ao mercado que exige atendimento diferenciado e resposta quase imediata aos questionamentos de seus clientes.

Para ser lembrado é necessário mais do que apenas entregar cartões de visita. É imprescindível estar disponível presencialmente ou no mundo virtual. O atendimento é tudo, e o serviço prestado em alta qualidade é consequência dessa dedicação global do advogado, que mais que um técnico jurídico, precisa hoje saber lidar com os sentimentos e emoções das pessoas com as quais trabalha.

Não é possível mais atuar em ações de família sem considerar as relações ali envolvidas. Sem considerar que muitas vezes são amores desfeitos, ou são filhos que carecem do amor de seus pais. Essa dinâmica com o cliente é essencial.

Também não é possível não ter empatia nos casos em que atua, seja em um contrato de compra e venda, seja numa ação de guarda, ou de violência doméstica, por exemplo.

Ao profissional resta se qualificar tecnicamente, prestar esse atendimento mesmo que não de forma presencial, mas que tenha qualidade, considerando questões muito mais profundas do que as dispostas no Código Civil ou em qualquer outra legislação.

Lidamos diariamente com pessoas, e o acolhimento é essencial, bem como e a presteza na condução do caso, sempre buscando ao final o melhor resultado possível para nosso cliente. É enxergar além. Talvez esse é o diferencial que deve ser oferecido, atuando além das linhas técnicas, mas abrangendo de forma ampla a situação que está sob seu patrocínio.

Informações relacionadas

Dra Carine Silva, Advogado
Artigoshá 4 meses

Revisão da Vida Toda

Karina Peres Arruda, Advogado
Notíciashá 6 anos

Golpe contra advogados

1 Comentário

Faça um comentário construtivo para esse documento.

Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)

Deveria se tornar uma leitura obrigatória para os que militam diariamente na advocacia e não entendem o motivo pelo qual não tem conseguido fidelizar seus clientes. Texto de grandeza e fino em suas colocações com uma clareza solar. Parabéns. continuar lendo